Love and Other Drugs

it's about the journey
it's not about the destination
1st page
we♥it
ask me
facebook
instagram
black&white
recomend
get out
"Eu quero crescer. Juro, quero mesmo. Quero aprender línguas que não sei. Quero conhecer novas culturas, povos, lugares. Quero me desapegar do velho. Quero não me fechar para as mudanças e para o novo. Quero não acumular rancores nem alimentar mágoas. Quero aprender a me pedir desculpas. Quero abandonar algumas saudades. Quero aprender a conviver com o que não posso modificar. Quero me mover mais e mais e mudar o que não está ao meu alcance. Quero pouco e quero muito. Quero nada e quero tudo. Quero esquecer o que precisa ser esquecido. Quero nunca deixar de sorrir. Quero ir. E vir. Mas nunca, nunca mesmo, deixar de sentir."
12345678910
theme por verdadesdegaroto com detalhes de u-n-l-i-v-e e base de sabedorias.

Os melhores geralmente morrem por suas próprias mãos apenas para escapar e aqueles que ficam pra trás nunca conseguem compreender por que alguém iria querer escapar deles.
Charles Bukowski. (via alentador)

(Source: oxigenio-dapálavra)



Posted 6 hours ago with 6,974 notes · reblog this!
originally oxigenio-dapalavra via alentador




Posted 6 hours ago with 431 notes · reblog this!
originally d-i-a-b-o-l-i-s-m via d-i-a-b-o-l-i-s-m


Corra o risco. Se der certo, felicidade. Se não, sabedoria.
Autor Desconhecido. (via alentador)

(Source: silenciadores)



Posted 6 hours ago with 44,299 notes · reblog this!
originally silenciadores via alentador


(Source: p-akman)



Posted 6 hours ago with 98,610 notes · reblog this!
originally in-fuck via codeiine




Posted 7 hours ago with 1,576 notes · reblog this!
originally d-i-a-b-o-l-i-s-m via d-i-a-b-o-l-i-s-m


Nem sempre faço questão de usar a simpatia. Muitas vezes já me escondi atrás de arara de loja pra não cumprimentar alguém. Ou então caminhei mais rápido pra desviar de um conhecido. Sei lá, tem dias que não tô com vontade.
Clarissa Corrêa. 
(via alentador)


Posted 7 hours ago with 6,642 notes · reblog this!
originally serporestar via alentador


Eu sou o tipo de pessoa que é fechada demais. Que não conta seus problemas, que guarda pra si. Que tenta compreender os outros, mas que não se compreende. Que busca algo na vida, mas não sabe o que é. Que é feliz e triste ao mesmo tempo. Que sente tudo, mas não demonstra nada. Que segura às lágrimas o máximo possível. Que não gosta de ajuda. Que quer o impossível. Prazer esse sou eu.
João Américo.  (via alentador)

(Source: os-sete-mares)



Posted 7 hours ago with 19,292 notes · reblog this!
originally renegarei via alentador


Não importa quantas moedas você joga na fonte, ou o número de dedos que você cruza. Se não é pra ser, não vai ser.
Caio Fernando Abreu.  (via inverbos)

(Source: auroriar)



Posted 1 day ago with 56,527 notes · reblog this!
originally auroriar via inverbos


Ah, senhores, é possível que me considere um homem inteligente apenas porque, em toda a vida, não pude começar nem acabar coisa alguma. Admitamos que eu seja um tagarela inofensivo, magoado, como todos nós. Mas que fazer, se a destinação única e direta de todo homem inteligente é apenas a tagarelice, uma intencional transferência do oco para o vazio?
Fiódor Dostoiévski - Memórias do subsolo  (via segredou)


Posted 1 day ago with 42 notes · reblog this!
originally segredou via segredou


Paris, outono de 73
Estou no nosso bar mais uma vez
E escrevo pra dizer
Que é a mesma taça e a mesma luz
Brilhando no champanhe em vários tons azuis
No espelho em frente eu sou mais um freguês
Um homem que já foi feliz, talvez
E vejo que em seu rosto correm lágrimas de dor
Saudades, certamente, de algum grande amor
Vinicius de Moraes, A carta que não foi mandada.    (via oxigenio-dapalavra)

(Source: distopia-s)



Posted 1 day ago with 444 notes · reblog this!
originally distopia-s via oxigenio-dapalavra